Estudantes de Mato Grosso criam fralda biodegradável feita a partir da mandioca

Graças à tecnologia, cada vez mais estamos dando conta de produzir coisas sem agredir o meio ambiente. E o melhor: utilizando materiais renováveis. Por exemplo, alguns estudantes do IFMT (Instituto Federal do Mato Grosso), desenvolveram uma fralda biodegradável feita a partir do amido da mandioca, que substitui o plástico, que é feito de petróleo.

Eles se inspiraram no professor e orientador deles, Aloizio Farias, que possui Alzheimer e precisa utilizar fraldas de plástico, aquelas convencionais. Estudantes apresentaram o projeto em Recife, para um grupo de possíveis investidores, junto com outros vencedores da Maratona de Células Empreendedoras MT 2017.

A estudante Mariana Sacht Nunes, que faz parte do projeto, conta que eles pensam em recorrer à força da internet para conseguirem dar conta de produzir as fraldas em grande escala. “Iremos fazer um financiamento coletivo para a produção, pesquisamos no mercado e ainda não existe um produto parecido [a fralda biodegradável] sendo comercializado”, disse.

Além de Mariana, os estudantes Anderson de Brito Almeida, Evandro Carlos de Oliveira, Marcos Vinicius de Araújo, Wagner Leandro Júnior e Wanderson Perondi, participaram da criação do projeto “Toper Bio – Fraldas Biodegradáveis” e eles contam que ficaram noites sem dormir para finalizar o projeto mas que, desde o início, estavam confiantes que ficariam entre os 3 primeiros colocados.

Como a faculdade fica na cidade de Juína, a 737 km de Cuiabá, a capital do Estado, um ônibus foi disponibilizado para que os estudantes fizessem a viagem. Um dos organizadores do evento garante que nunca viu tanto esforço assim: “Eles [os alunos] agarraram essa oportunidade com todas as forças. São alunos adolescentes, moradores do interior do Estado, que produziram coisas extremamente relevantes para a sociedade”.

 

Estudantes de Mato Grosso criam fralda biodegradável feita a partir da mandioca

Graças à tecnologia, cada vez mais estamos dando conta de produzir coisas sem agredir o meio ambiente. E o melhor: utilizando materiais renováveis. Por exemplo, alguns estudantes do IFMT (Instituto Federal do Mato Grosso), desenvolveram uma fralda biodegradável feita a partir do amido da mandioca, que substitui o plástico, que é feito de petróleo.

Eles se inspiraram no professor e orientador deles, Aloizio Farias, que possui Alzheimer e precisa utilizar fraldas de plástico, aquelas convencionais. Estudantes apresentaram o projeto em Recife, para um grupo de possíveis investidores, junto com outros vencedores da Maratona de Células Empreendedoras MT 2017.

A estudante Mariana Sacht Nunes, que faz parte do projeto, conta que eles pensam em recorrer à força da internet para conseguirem dar conta de produzir as fraldas em grande escala. “Iremos fazer um financiamento coletivo para a produção, pesquisamos no mercado e ainda não existe um produto parecido [a fralda biodegradável] sendo comercializado”, disse.

Além de Mariana, os estudantes Anderson de Brito Almeida, Evandro Carlos de Oliveira, Marcos Vinicius de Araújo, Wagner Leandro Júnior e Wanderson Perondi, participaram da criação do projeto “Toper Bio – Fraldas Biodegradáveis” e eles contam que ficaram noites sem dormir para finalizar o projeto mas que, desde o início, estavam confiantes que ficariam entre os 3 primeiros colocados.

Como a faculdade fica na cidade de Juína, a 737 km de Cuiabá, a capital do Estado, um ônibus foi disponibilizado para que os estudantes fizessem a viagem. Um dos organizadores do evento garante que nunca viu tanto esforço assim: “Eles [os alunos] agarraram essa oportunidade com todas as forças. São alunos adolescentes, moradores do interior do Estado, que produziram coisas extremamente relevantes para a sociedade”.

 

Família Durigon se destaca na produção de orgânicos em Descanso SC

 

A propriedade da família Durigon está localizada na linha Bela Vista Durigon, interior de Descanso.

Conforme o agricultor Ivo Durigon, a família se dedica à produção orgânica há 14 anos.

Além da alimentação para a própria família, são produzidos no local milho, trigo, linhaça, centeio, laranja, banana, hortaliças e soja orgânica. A família mantém também um horto medicinal.

Veja mais em: encurtador.com.br/kvAV1

Fórum Sebrae de Negócios

Nos dias 01/08 a 02/08 o Sebrae realizará no Centro de Eventos do Pantanal o Fórum Sebrae de Negócios,.  Terá diversas palestras e rodada internacional de negócios com a presença de diversos países. A Mandioca Aricá estará presente no evento.

 

Programação:

 

  • Oficina Formação do Preço de Venda para Exportação

Dia 23/07/2018 segunda feira

Horário: 08h - 16h 

Centro de Eventos do Pantanal - Sala 11 Piso do Sol 

Av. Antônio Bernardo de Oliveira Neto s/n - Cuiabá - MT 

 

  • Espaço Show-room dos Produtos (Estande)

Para os participantes da Rodada Internacional de Negócios a organização do evento disponibilizou um espaço compartilhado (modelo vitrine) para exposição e comercialização dos produtos, ou seja, a empresa inscrita poderá comercializar seus produtos durante o evento e para isso é necessário que no dia 31/07/2018 a mesma disponibilize nesta área seus produtos para exposição diretamente a coordenação da rodada. Teremos pontos de energia para produtos que farão exposição em mini freezers e que necessitem de tal apoio. Teremos ainda duas recepcionistas nesta área para auxiliar os empresários na divulgação e recepção de clientes.

  • Ingresso do Fórum SEBRAE de Negócios

Cada empresa terá direito a 01 (um) ingresso/ credencial do evento para participar das áreas de conhecimento que conforme programação anexa. É de suma importância vossa participação pois nestas áreas serão discutidos temas ligados ao Branding - "Marca", Inovação e Internacionalização de empresas.